fbpx

O seu estilo de vida está a favor ou contra sua criatividade?

Você já se perguntou quem quer ser? Vivo falando por aí que ser criativo está mais perto do estilo de vida do que das formações técnicas. Um dia disseram que eu não deveria falar assim, porque poderiam me interpretar errado.

“Como assim você está falando que o lifestyle importa mais do que a carreira acadêmica?”

Gente, uma coisa não anula a outra. E, sinceramente? Prefiro defender essa ideia e compartilhar minha visão com você, do que ficar quieta enquanto vejo pessoas ganhando rios de dinheiro vendendo cursos que prometem fazer uma mágica na sua cabeça. 

Vou te contar o que me faz defender o Movimento por um Estilo de Vida Criativa com unhas e dentes. 

É simples:

Uma rotina direcionada para a criatividade estimula a imaginação e o aparecimento de boas ideias

Pesquisas comprovam que o aumento do repertório e as novas experiências impulsionam o trabalho criativo. Sabendo disso, a coisa mais inteligente a se fazer é buscar maneiras de estar em contato com informações inéditas com frequência, vivendo uma rotina dinâmica e aprendendo sobre o mundo ao seu redor. Cá entre nós, você acha que isso está ligado à formação acadêmica ou está mais próximo do seu dia-a-dia? 

O que define a criatividade  

Ferramentas para resolver problemas, transformar contextos, inovar…palavras não faltam para explicar o que é criatividade. A capacidade de imaginar permite a criação de novos cenários e estratégias para atingir objetivos. Uma pessoa pode usar seu potencial criativo para realizar trabalhos, produzir materiais ou fazer qualquer ideia abstrata acontecer no mundo real.

Apesar da criatividade ser uma habilidade inata do ser humano, ou seja, já vem com a gente de fábrica, precisamos lembrar que ela é abastecida por várias fontes. É impossível definir sua grandiosidade em uma palavra, ela é a representação de tudo. 

Tudo existe a partir da sua criatividade e tudo o que você faz forma a sua criatividade 

Do contexto social, passando pelo emocional e o profissional, todas as ações e atitudes estão, de certa forma, relacionadas à criatividade. Ele não acontece de forma isolada, por isso, precisamos pensar em um estilo de vida que impulsione a capacidade de criar em vez de falar que um curso ou apenas um livro muda tudo – buscar atalhos já não funciona há um tempão. 

Vamos por partes: como analisar seu estilo de vida atual

De acordo com a OMS, o estilo de vida é definido como um conjunto de hábitos que podem ser influenciados, modificados e que causam consequências para a qualidade de vida. Precisamos pensar além dos impactos no organismo para falar sobre criatividade, porque o conjunto de costumes também influencia na qualidade dos pensamentos. 

Olhar para o potencial de criar como quem olha para a saúde faz sentido para você? 

O seu estilo de vida e a criatividade tem relação direta com o que você escolhe fazer todos os dias e com a influência das pessoas que convive, seja em âmbito profissional, familiar ou amoroso. Tem uma frase que gosto muito que diz “Se vencer se tornar muito importante em um jogo, mude as regras para torná-lo mais divertido.” Trazendo para o nosso contexto, mais importante do que ter inspiração – como produto final – é o que você está fazendo todos os dias para fazer manter essa chama aquecida.

O que compõe um estilo de vida criativo? 

A criatividade é construída todos os dias por meio da vida que você leva. Desde que pensei por esse ângulo, encontrei cinco pilares que funcionam para tornar minha vida mais criativa:

  • Hábitos: As coisas que você escolhe ou não fazer influenciam na qualidade da sua imaginação, além de refletirem na disposição física e nos objetivos a longo prazo. 
  • Continuar aprendendo: Ninguém está definitivamente formado. A magia da vida está no fato de que podemos conhecer coisas novas o tempo todo. Se você parar no tempo depois de terminar um curso, pode se arrepender ao perceber que nada congela com você.
  • Envolvimento: Amor, paixão, proximidade…essas três coisas determinam seu sucesso profissional e pessoal. Quanto mais envolvido, de corpo, alma e coração, você estiver, melhores serão as ideias
  • Coragem: ela e a criatividade andam lado a lado. Você tem que ser ousado para assumir seus rolês para os outros, mas principalmente para si mesmo. Por incrível que pareça, nós podemos exercitar a coragem se olharmos para ela com carinho. 
  • Interação Social: o maior erro das pessoas é achar que o segredo para ser produtivo é viver para trabalhar. Quem faz isso é robô, só que máquina não imagina. As relações sociais servem para reduzir a tensão do dia a dia e ampliar o repertório. Se divertir faz tão bem quanto estudar. 

É claro que nada muda do dia para a noite. Incorporar um estilo de vida criativo leva tempo, mas com pequenos ajustes, os efeitos são nítidos. Se você quer começar a viver com mais criatividade, pare de esperar por grandes intervalos de tempo livre e começar a aproveitar os períodos curtos – que às vezes são desperdiçados nas redes sociais. 

Talvez você sinta que é a pessoa mais criativa do mundo. Pode ser que saiba que não tem tanta criatividade, mas algumas boas ideias surgem de vez em quando. Está tudo bem também se sente que não consegue pensar com originalidade e que sofre com bloqueios criativos. 

O que eu quero que você entenda é que nunca é tarde para mudar de vida. Ainda é possível fazer novas escolhas ao adotar um estilo de vida mais criativo.

Comece hoje e faça isso por você. 

Só não esquece de passar lá no Instagram para me agradecer depois! 😉 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *