fbpx

Como ter criatividade para escrever um livro

lançar seu próprio livro é o sonho de muita gente. Era o meu também, por isso, passei o ano passado inteiro pensando em como ter criatividade para escrever a história que eu sempre quis. Ao que tudo indica, deu certo, porque estou aqui contando os meses para colocar minha criação no mundo. Uau, é uma sensação deliciosa. Faço questão de compartilhar o que funcionou para mim, porque quero que você viva isso também. 

Que tal pensar em como ser uma pessoa mais criativa em vez de como ter criatividade para escrever?

As duas frases parecem iguais, mas existe um detalhe que muda tudo: quem é criativo, tem criatividade para qualquer coisa. A capacidade de criar ou resolver problemas é a mesma utilizada em todas as atividades, porque ela é o começo da solução. 

A partir da criatividade você faz. 

O que separa quem consegue escrever um livro de quem fica bloqueado são as atitudes ao longo da rotina. É claro que você precisa ter mais criatividade, mas não para por aí. Tem que saber aproveitar as inspirações, manter o compromisso de criar, além de suar, mas suar MUITO para abastecer as ideias. Vejo muita gente falando que não é criativo para escrever, quando, na real, só não consegue se organizar e canalizar o potencial criativo para fazer isso. 

Levar um estilo de vida criativo irá te ajudar a escrever melhor 

Criatividade é a capacidade de criar ou inventar coisas novas a partir dos recursos que você já tem. Os ingredientes para fazer isso funcionar são os mesmos para mim e para você: coragem, curiosidade, permissão, persistência e confiança. Parece estranho pensar na criatividade sendo esse grupo de coisas? Saiba que é o conjunto da obra que vai te fazer escrever mais e melhor.  

O processo de escrita do seu livro começa antes de você sentar para digitar a sequência de palavras. Ele começa na vida que você leva. Elizabeth Gilbert, no livro, A grande magia disse que “é na vida criativa que sempre estará a Grande Magia”. Eu concordo, aliás, é por isso que me dedico a transformar o Estilo de Vida Criativo em um movimento. Essa é uma forma de viver mais completa, feliz e mais interessante. 

Levar a vida desse jeito é manter sua cabeça sempre aquecida e dedicada a trazer os tesouros que estão dentro de você. 

Sabe para que esses tesouros servem? 

Para melhorar a criatividade e diferenciar sua escrita. 

Você será mais criativo para escrever quando perceber as ideias ao seu redor 

Cada escritor se inspira do seu jeito. Assim como qualquer coisa na criatividade, não existe um único caminho ou fórmula pronta. O que você precisa fazer é:

  • Começar a identificar o que te chama atenção no dia a dia, livros, músicas e outras coisas que consome. 
  • Sair do automático, reduzir o tempo nas telas e prestar mais atenção ao seu redor. 

Adotar um estilo de vida criativo é andar por aí com os olhos e ouvidos bem abertos, sempre procurando um material. Sabe aquela notícia absurda que saiu no jornal? Ela pode se transformar em uma cena do seu livro. Da mesma forma, o cão-guia do cego atravessando a rua pode ser um personagem. Até as coisas que acontecem na sua vida podem ser transformadas em narrativas. Discutiu com um amigo? Transforme o acontecimento em história. 

Entende o que estou querendo dizer?

Para ter mais criatividade para escrever, você precisa se interessar pelas coisas do cotidiano. 

Planejamento e constância para enfrentar os bloqueios criativos na escrita 

Poucas coisas assustam mais do que uma tela em branco. Eu sei. Quando eu comecei a escrever o Lá Na Lua, meu livro de ficção, os bloqueios criativos não me deixavam em paz. Foi sofrido, viu. Sabe o que acontecia? Nos dias em que estava inspirada, escrevia até não querer mais, quando não estava, deixava para depois. O problema é que esse depois poderia ser três dias ou duas semanas. Desse jeito não tem projeto que seja finalizado. 

Meu livro só começou a ganhar forma quando eu estabeleci um planejamento. Sem muitas neuras, o que você precisa ter é um plano de ação prático e ajustado a sua rotina. Nada de pegar planilhas prontas que vão te sobrecarregar, ok?

O que funcionou pra mim

  • Colocar uma meta de palavras mínimas: 500 por dia.
  • Definir o horário e dias para escrever: de segunda à sexta-feira, sempre no horário de almoço ou logo depois do expediente.  

Percebe que limitei meu trabalho de uma forma que eu sabia que, de um jeito ou de outro, teria que cumprir o planejado? Escrever de final de semana nunca funcionou para mim, muito menos a noite, quando já estou morrendo de sono. Esses eram os únicos horários que me permitiam manter um ritmo. 

Outra coisa, mesmo que estivesse travada ou sem vontade, eu abria o Word no período combinado e tentava escrever. Você não precisa – e nem vai – escrever com qualidade todos os dias, mas é importante que se esforce para cumprir o combinado. Como a criatividade está muito relacionada com nosso estado de espírito, essas oscilações de produtividade são normais. Esteja pronto para elas.

Nos dias em que estava mais animada, a escrita fluia bem e eu ultrapassava as palavras mínimas, em outros, escrevia 500 palavras NA FORÇA DO ÓDIO. O planejamento serve exatamente para isso: permitir que você tenha espaço para respirar. Às vezes, é menos sobre como ter criatividade para escrever e mais a respeito da melhor forma de lidar com os bloqueios pelo caminho. 

Se o “deu branco” bater na porta no seu horário de escrita, ele precisa te encontrar escrevendo.

A parte interessante é que quando você senta na cadeira e se esforça para escrever, as coisas começam a fluir. Movimento gera inspiração. Minha recomendação para quem quer saber como ter criatividade para escrever: viva e continue escrevendo. 

Aquela orientação que nunca sai de moda

Leia e escreva muito

Tudo o que entra, sai. risos. Se você quer escrever sem tantas dificuldades, precisa dominar a gramática, conseguir assimilar significados e construir frases com sentido. A única maneira de fazer isso é lendo muito.

Leia tudo, mas cuide de ler o que você gosta. Deus me livre de ficar cagando regra no que você tem que ler. O importante é ter o hábito e estar em contato frequente com livros. Eu gosto muito de autoajuda (quem pode me julgar?), romances e livros técnicos da minha área, marketing, escrita e criatividade. Quais coisas te dão prazer de ler? Descubra e crie uma rotina.

O bom de ler bastante é que você aumenta o repertório para fazer citações. Explorar trechos de outros autores enriquece as criações e serve de trampolim para sua imaginação. Cuidado, não é para plagiar, é para citar com os devidos créditos, e elaborar uma ideia a partir da temática central.

Se escrever um livro também está na sua lista de grandes objetivos da vida, eu espero que o artigo tenha te ajudado. A redescoberta da criatividade é só o começo de tudo o que você tem para fazer. Continue com muita inspiração e dedicação. Qualquer coisa, eu estou por aqui. <3 

Se você quer ser avisado do lançamento do Lá Na Lua, o livro que tanto sonhei, cadastre seu e-mail aqui na Newsletter. O título conta a história de uma personagem que foi convidada para um jogo de descoberta da criatividade. Pensado para ativar seus neurônios espelhos e te fazer despertar sua capacidade de criar e imaginar também! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *