fbpx

Como ter ideias criativas: isso é o que eu penso que você pode fazer

A gente sempre quer mais. Um pouco mais de resultados, de sucesso, de alegria ou de paz. Seja qual for a expectativa, saber como ter ideias criativas é uma forma de chegar lá. A partir dos momentos de iluminação que surgem quando você menos espera – mas mais precisa – você consegue atingir seus objetivos. 

Se você um dia desejou ter mais ideias, sabe como isso é importante para os bons resultados. O que diferencia as pessoas que têm mais criatividade das que (sentem que) não conseguem pensar em nada diferente é a capacidade de enxergar quando as oportunidades aparecem.

Na vida, quem sabe ver, sabe criar.

A quem interessa saber como ter ideias criativas? 

Se você deseja ter sucesso, também deveria desejar ter boas ideias. Eu nem estou falando no sentido profissional da coisa. Aliás, não apenas disso. Ter ideias significa encontrar soluções. Resolver problemas. Cá entre nós, a resolução de questões é o que move nossos dias. Vender um produto é uma questão. Cozinhar com poucos ingredientes é outra questão. Convidar alguém para sair? Uma questão. Precisa passear com o cachorro? Isso também é uma questão. 

Viver é um amontado de “resolver questões”.

Conseguir fazer isso de forma criativa é o diferencial. 

Entender como ter ideias criativas abrirá muitas portas ao longo da sua vida

Conseguir ter muitas ideias não é exclusividade de ninguém. A criatividade, assim como a maioria das habilidades humanas, está pronta para ser desenvolvida. O que muda é o quanto você dá atenção para ela. 

Seja sincero:

Você quer ter mais ideias, mas será que tem reparado nas inspirações que surgem na vida.?

Mais do que isso:

Você se esforça para colocar em prática os pensamentos que tem?

Importante entender: de onde nascem as ideias 

Quando vai formar uma ideia, seu cérebro acessa o banco de dados da sua cabeça. Ele vasculha todo o repertório para encontrar materiais que podem ser combinados para gerar algo novo. É por isso que a criatividade é proporcional ao repertório. Sua mente mescla as informações e experiências guardadas para te apresentar a solução que você precisa naquele momento. É o que o Murilo Gun chama de combinatividade. 

Sabendo que as ideias surgem a partir da associação das referências, dados e conhecimentos prévios, o que você precisa fazer para ter mais criativas é abastecer esse “banco de dados mentais”. Como fazer isso? Vivendo uma vida em busca de sempre mais. Mais curiosidade. Mais conhecimento. Mais experimentação.

Como estão seus dias hoje?

Que “mais” podem ter?

Tudo começa no seu estilo de vida 

É natural que as pessoas tentem se encher de referências ou buscar fórmulas rápidas quando querem saber como ter ideias criativas rápidas, mas isso não funciona a longo prazo. Vai por mim, o ideal é que você tenha um estilo de vida que estimula as boas ideias, para que as coisas fluam naturalmente. 

O estilo de vida envolve aspectos comportamentais, como rotina, hábitos, e padrões de consumo que moldam quem você é e como vê o mundo. Quando se propõe a viver assim, seus dias favorecem a busca de atividades de crescimento, com uma rotina dinâmica e você se envolve com tarefas que estimulam o autoconhecimento e as habilidades técnicas com frequência. 

Cuidar da forma de viver é o meio mais eficiente (e inteligente) de ser criativo a longo prazo. Você está pavimentando o caminho. Steven Johnson tem uma frase que diz “o acaso favorece a mente conectada”. Olhar para o estilo de vida é se preparar para que, quando for preciso ter mais ideias, elas surjam “por acaso” no caminho. 

Isso é o que eu penso que você tem que fazer para ser mais criativo: viver um estilo de vida que alimenta seu cérebro com tudo o que ele precisa. A criatividade é uma construção e você pode começar cuidar da sua a partir de hoje. Onde está e com o que você tem. Em vez de esperar a necessidade de criar, viva a criatividade todos os dias.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *