Se falta tempo, falta sentimento: a importância do planejamento de trabalhos criativos

Como está o seu envolvimento com os projetos criativos?

Que a criatividade é a resposta para a maioria dos problemas você já deve saber. A questão é que buscamos tanto a capacidade de inovar, que nos esquecemos de fazer valer cada minuto de envolvimento com o trabalho. Estamos correndo, estamos fazendo as coisas pensando no prazo de entrega, estamos querendo ser melhor do que o colega de profissão…ESTAMOS querendo qualquer coisa, mas não pensamos em como nos planejar para o que realmente importa: ter um tempo para fazer. 

Antes de continuarmos a conversa, preciso confessar uma coisa para você: sou uma pessoa muito agitada. Tenho dificuldades para focar, não termino coisas que comecei e fujo completamente do que estava previsto. Sabe quando nossa cabeça ferve de ideias e é difícil escolher uma só?

Demorou, mas entendi que sou assim e estou trabalhando nisso. Essa está sendo a melhor coisa que eu fiz ao longo dos meus anos estudando criatividade. Sabe por quê? A primeira mudança que senti foi na minha produtividade criativa e isso mudou completamente a relação com meus projetos criativos. 

Sonhar grande é explorar todo o seu potencial. 

Quando concentro tempo e atenção em um projeto por vez, consigo me envolver de verdade com cada atividade

Se eu tiver que dar apenas uma dica para ser mais criativo nos trabalhos, ela será: entregue-se. Esqueça o mundo e olhe para o que você está fazendo. Coloque o celular no modo avião, feche as milhões de abas no navegador, encoste a porta. Nem que seja por 20 minutos, entre no casulo criativo. 

Ter um planejamento de trabalho é muito importante para a qualidade das ideias. Não digo nem para você pensar em estruturas mirabolantes ou prazos impossíveis, falo para planejar cada etapa de execução de acordo com sua rotina. Precisa criar um artigo de 3 páginas? Marque quantas palavras deve escrever por dia e qual o tempo disponível para isso. Ah, claro, quando sentar para trabalhar, faça o POSSÍVEL para não se distrair. Se policie, ninguém vai fazer isso por você. 

A menor distância entre dois pontos é uma linha reta. Quando você tem um objetivo, seu foco precisa estar nele, caso contrário, o caminho será mais longo. É claro que surgirão distrações pelo caminho, mas você precisa pelo menos tentar. Pode ser que a falta de criatividade que te chateia hoje seja causada pela tentativa de fazer mil coisas de uma vez. Pode reparar, quanto mais envolvido e trabalhando em uma atividade você está, mais ideias começam a surgir. É o famoso “ação gera motivação”. Parece óbvio, mas na era do excesso de informações, fazer uma coisa por vez e pensar na diversão e não nos resultados é um desafio na vida dos criativos. 

Quando nos deixamos levar pela pressa, ficamos preocupados em finalizar as tarefas o mais rápido possível. Pulamos detalhes, não nos aprofundamos, fazemos por fazer e miramos na linha de chegada. Falta tempo, falta sentimento e falta qualidade. 

Minha mãe sempre me dizia “não precisa fazer, mas já que escolheu fazer, presta atenção e faz”. 

Se quiser ter mais criatividade, pegue o conselho da minha mãe e leve para a vida. O seu trabalho tem tudo para ser criativo, as ideias estão aí dentro querendo sair, apenas não subestime o poder do planejamento. Organize as etapas de uma forma que fique confortável, para que você tenha tempo de pensar com clareza e mergulhar nos sentimentos em cada fase da criação. 

Veja bem, não estou dizendo para você esquecer os prazos e focar no desenvolvimento. Nunca!

Quero dizer que, a partir do momento que existe um período de entrega, precisa existir a preocupação com a organização e o envolvimento ao longo do tempo possível de trabalho. Esse negócio de fazer tudo correndo e em cima da hora não é nada bom. Se os projetos criativos são seu sonho, quanto mais direto você for, mais rápido chega lá.

Perder o foco no que realmente importa pode te atrasar. Menos procrastinação e mais autoanálise. 

Ah, antes que você pense: “É fácil falar, mas eu não consigo ter mais tempo…Me fala, como você arranja tempo para isso?” Já vou deixar a resposta: “Quem quer arranja tempo para isso.”

E aí, me conta: será que falta criatividade ou falta planejamento para ter tempo de pensar? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *