Dicas para melhorar o momento de estudos e a aplicação do conhecimento com livros digitais

Ai, ai ai, os livros digitais! Há quem ame, tem quem odeie e existem aquelas pessoas que nem sabem quantas informações incríveis cabem em algumas dessas páginas. Apesar de ser apaixonada pelo cheirinho de livro novo e adorar uma bela estante cheia de capas coloridas, não tenho como negar que os ebooks são materiais de estudos fundamentais para nossa vida e ajudam muito quando o assunto é desenvolver a criatividade e tornar o conhecimento mais acessível. 

A importância da leitura é indiscutível se formos falar sobre educação. Os livros continuam sendo uma ferramenta essencial para o desenvolvimento pessoal e a formação de bons profissionais. Aliás, de ótimos seres humanos, né?! Estamos cansados de saber os benefícios da leitura, mas a verdade é que os livros (em sua maioria) estão caros. 

Longe de mim entrar em pautas econômicas ou questionar valores, porque sei que cada autor merece seus reconhecimentos, mas se pensarmos em um contexto em que muita gente não tem grana nem para as necessidades básicas, é difícil não se assustar com os livros ficando cada vez mais caros. Foi nessa brecha e surfando na onda da praticidade que os livros digitais conquistaram seu espaço! 

Vivemos conectados a maior parte do tempo, é natural que novos formatos surjam. Os livros digitais caíram nas graças dos leitores e isso é ótimo! 

livro digital é um arquivo que funciona no seu computador, tablet ou celular e que pode ser uma versão eletrônica de um título que já foi impresso ou um texto original publicado apenas via internet. O formato mais conhecido é o PDF, que é mais simples e fácil de ser criado. As versões digitais costumam apresentar os mesmos conteúdos dos livros físicos, com algumas mudanças no layout e na experiência de leitura. No final das contas, não existem tantas diferenças. 

Algumas pessoas ainda têm bloqueios em relação aos livros digitais, eu também tinha até alguns meses, mas garanto que é uma questão de hábito e envolvimento com a leitura. 

Uma coisa importante que funciona comigo: encare a leitura do livro digital como um momento de estudos, principalmente se for um material mais técnico. Faça anotações em um caderno, responda os exercícios, procure o significado de palavras novas, pesquise as referências na internet, etc. Aplicar o conteúdo ajuda na fixação e pode ser tão válido quanto investir em um curso! 

3 dicas cientificamente provadas para melhorar seu momento de estudos com o livro digital

  1. Utilize material impresso de apoio: tenha cadernos, papel sulfite e canetas durante a leitura e não economize nas anotações. Além disso, o livro é digital, mas nada te impede de imprimir algumas páginas. Isso pode sair mais barato do que comprar a versão física e pode ajudar na absorção do conhecimento. 
  2. Faça conexões ao longo da leitura: alguns especialistas consideram que a diferença entre quem aprende rápido e devagar é a maneira como estudam. Os alunos que aprendem com mais facilidade fazem conexões entre as ideias. Esse processo é chamado de aprendizagem contextual e o objetivo é que você relacione os conceitos do livro com suas próprias experiências.
  3. Não releia, relembre: em 2009, um professor de psicologia da Universidade de Washington em St. Louis publicou um artigo na Psychological Science falando sobre os hábitos de leitura e releitura durante o período de estudos. Ele compartilhou que ler e reler os materiais pode levar os estudantes a pensarem que conhecem bem o conteúdo, quando podem só ter decorado. A sugestão é que as pessoas utilizem a “recordação ativa”, ou seja, fechem o livro e falem tudo o que vier na cabeça para praticar a memorização a longo prazo. Você pode fazer isso cada vez que terminar um capítulo do livro digital. 

Por que comprar livros digitais?

São mais baratos e mais fáceis de transportar. Confesso que esses dois argumentos foram os que me convenceram a investir em um Kindle. Depois que comecei a ler mais no aparelho eletrônico, percebi outra vantagem: existem muitas opções de títulos e materiais específicos. Hoje em dia, quando quero ler um livro de ficção, costumo seguir com as versões físicas, por exemplo, assino a Tag Livros, mas se preciso de um conteúdo mais técnico, como os de estudos da criatividade, vou nas opções digitais – tem um tantão de coisa pra descobrir na biblioteca! 

Do fundo do meu coração, não acho que deva existir a “ditadura da leitura”. Os dois universos são incríveis. Seja curioso, pesquise valores, títulos e autores. Você pode alternar os formatos e encontrar o que funciona na sua realidade.  

O que importa é ler, estudar e aprender! 

Uma outra coisa legal dos livros digitais é que eles ajudam a aumentar o tempo de leitura. Tenho uma amiga que sempre teve muita vontade de ler mais, mas além de não ter o costume de ir às livrarias, sempre esquecia de colocar o livro na bolsa na hora de sair de casa.

Foi aí que decidiu comprar um Kindle. Resultado? Ela se acostumou a deixar o aparelho na bolsa e começou a ler muito mais nos pequenos tempos livres.

*Não, eu não vendo Kindle e não estou recebendo por este texto, apenas sou a favor da leitura, porque ela potencializa a criatividade. 😂

Pra fechar com mais inspiração, vamos relembrar outros benefícios de ser um leitor! 

  • Melhora das habilidades de interpretação de texto;
  • Ampliação das capacidades cognitivas para compreensão de ideias e organização de linhas coerentes de pensamento;
  • Aumento do vocabulário;
  • Desenvolvimento de uma visão crítica e capacidade de argumentação;
  • Aprender coisas novas e ampliar as visões de mundo;
  • Memorização de histórias, incluindo lugares descritos, personagens e situações.

Fernando Pessoa falava que “ler é sonhar pela mão de outrem.” É isso! Também é aprender com os conhecimentos que o outro foi generoso em compartilhar, conhecer novas possibilidades a partir da visão de alguém que vive em outro contexto e, muitas vezes, é a opção mais acessível que você tem para buscar conhecimento.

A leitura é extremamente importante para a formação do ser humano. Consegue imaginar o desperdício que seria não aproveitar as opções que temos disponíveis no mercado? Não jogue suas chances fora. Faça uma lista de assuntos que você gostaria de aprender e vá atrás de livros (físicos ou digitais). Aprender é crescer! 

Se a criatividade é um assunto que está na sua lista de temas interessantes, conheça o livro Você, artista e criativo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *