Como ter criatividade para escrever qualquer tipo de texto

como ter criatividade para escrever

Aposto que só hoje você já leu mais de dois artigos como este. Se você está aqui, é porque consome este tipo de conteúdo. Show! O que eu mais gosto nas palavras é que não importa quem você seja, qual seja a rede social do momento, o que você vá estudar ou sobre o que precisa falar, elas sempre estarão lá para transmitir a mensagem. Sabendo que o texto é uma das ferramentas de comunicação mais poderosa, você precisa entender como ter criatividade para escrever. 

Todos nós somos criativos, mas fatores como a rotina, o estresse e trabalhos controlados silenciam completamente a voz das ideias geniais. Um redator que escreve com frequência para uma empresa que não permite que ele seja inovador ao abordar o assunto pode perder o ritmo criativo ao longo do tempo, portanto, o primeiro passo para escrever textos com criatividade é sair do automático. 

Algo muito comum na vida de pessoas que escrevem bastante é deixar de olhar o texto com a atenção que ele merece. Precisamos lembrar que, por mais que você escreva 5 artigos por dia, cada um deles é especial. É bem provável que o leitor não leia os cinco, mas o que ele for ler, precisa ser criativo o suficiente para encantá-lo. 

Quem deseja entender como ter criatividade para escrever precisa começar a treinar a mente para ter uma abordagem muito mais flexível, elástica e criativa. Esses fatores enriquecem o texto, principalmente quando estamos trabalhando com temas mais complexos e que precisam ser traduzidos para a linguagem do público-alvo. O desafio está em selar e manter um compromisso firme com nós mesmos.

Não procure apenas técnica para entender como ter criatividade para escrever, busque pela emoção!

Muitas das pessoas que são lembradas por seus textos têm esse mérito por dominar a técnica, mas aposto que os trechos que mais marcaram sua vida foram os mais criativos. Com isso, quero dizer que a técnica é importante, mas a criatividade é mais. 

Como assim, Tayná? Você quer que eu produza um texto mal formatado? 

Não, né?! A ideia é que você perceba que de nada adianta um texto gramaticalmente perfeito, feito com as regras de SEO, se ele não é criativo e não entrega algo útil para quem lê. Entenda as técnicas, mas seja um escritor que valoriza uma ideia a partir de um ponto de vista sonhador, crítico e realista. Sabe aquela frase famosa do grande psiquiatra e psicoterapeuta Carl Jung  “Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana.”?, ousei adaptar para a nossa realidade:

Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao escrever um texto que será lido por uma alma humana, seja apenas outra alma humana.

As emoções estimuladas através dos sentidos são poderosas para aumentar as vendas, quem é do branding já sabe disso, só que elas também são fundamentais para os textos criativos. Não apenas para quem lê, como também para quem escreve. Nosso cérebro é puramente emocional e são as emoções que direcionam a escrita criativa.

Se você deixar a técnica de lado por alguns minutos e escrever somente com as coisas que estão vindo de dentro, perceberá que o texto ficará com muito mais personalidade, destacando-se entre todos os outros. O assunto até pode ser comum, ser técnico e escrito para atender as necessidades das estratégias de marketing de conteúdo de uma empresa, mas a forma como você pode falar sobre o que está falando é única. 

Dicas de como ter criatividade para escrever 

  • Tenha tempo para escrever

Escrever um bom texto exige tempo, não só para o desenvolvimento da escrita, mas para a revisão. Faça o possível para organizar um calendário editorial e reserve um período tranquilo para a tarefa. Mesmo que você tenha volume alto de produção, vale a pena estabelecer um cronograma confortável. Além disso, reserve um tempo para descansar a cabeça, porque voltar para reler o conteúdo antes de partir para a revisão é fundamental para encontrar lacunas ou perceber parágrafos engessados, isso é, trechos muito óbvios e pouco criativos.

Gosto muito de montar o esqueleto do texto antes de sair escrevendo. É uma técnica  simples, mas que me ajuda a escrever melhor. Separo os blocos dos parágrafos do texto e coloco perguntas que devem ser respondidas em cada um deles, depois, saio respondendo. Meu texto nasce assim! Escutei de uma professora de história uma vez que não poderia caber nenhum “o que é isso ou por quê?” nas minhas respostas e levei pra vida de redatora. 

  • Não se preocupe com a revisão logo de cara, foque em depositar ideias.

Existem muitos estudos que evidenciam a importância das estratégias para potencializar a criatividade, entre elas está a tempestade de ideias, ou brainstorming, que consiste basicamente em soltar várias ideias sem julgamentos. Minha proposta é que você comece seu tempo jogando as palavras, mesmo que pareçam desconexas ou que estejam fora de ordem.

Lembra das perguntas das estruturas que faço para começar? Antes de buscar referências, eu respondo cada uma delas com o que eu sei sobre o assunto. Uso minhas palavras e escrevo da maneira que estou pensando, como se estivesse falando em voz alta durante uma reunião. Essa escrita livre ajuda no resgate das ideias que estão no seu repertório e evita que você seja influenciado pelas referências. Só depois que rolar esse brainstorming-escrito-solitário é que você começará suas pesquisas, desenvolverá o conteúdo e, então, finalizará com a revisão para encaixar o texto no formato adequado, nas regras exigidas, focando em evitar erros gramaticais – viu, eles são importantes no texto criativo, mas cada coisa no seu momento!  

  • Busque referências que não estão em textos 

Pensar diferente para desenvolver um texto não é fácil, principalmente na internet, onde encontramos vários materiais com os mesmos formatos, feitos só para atrair de cliques e que acabam não dizendo nada. É por isso que saber onde buscar referências e como aplicá-las de maneira consciente é crucial para diferenciar um bom texto de um bom texto criativo. 

Falei aqui como costumo aplicar minhas referências no meu trabalho.

Não se prenda aos livros e internet para aumentar seu repertório, explore a vida. Apesar dos seres humanos perceberem os mesmos estímulos, cada pessoa tem sua interpretação, de acordo com sua experiência, personalidade, educação, ambiente, humor, preferências e aversões. Por isso, cada escritor encontra sua inspiração em um lugar diferente e quanto a isso não há regra. A recomendação é apenas que você busque referências para seu texto que vão além de outros textos. Vai falar sobre o impacto das chuvas no solo? Pare para observar as gotas caindo por alguns minutos. 

Uma pessoa que sabe como ter criatividade para escrever é alguém que tem um pensamento flexível e que está aberto a olhar a vida por outras perspectivas. A criatividade é uma habilidade que todos podemos desenvolver e quando ela é combinada às técnicas que o escritor possui, promove uma escrita livre e capaz de emocionar e conectar. É isso que vende, é isso que gera conexões e é isso que faz cada parágrafo fazer sentido! 

Ei, não esqueça de se inscrever aqui no canal. É muito importante para mim! <3

2 thoughts on “Como ter criatividade para escrever qualquer tipo de texto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *