fbpx

Melhore sua criatividade com os mapas mentais

Estudando um pouquinho sobre como melhorar a criatividade nas situações corriqueiras, cheguei a ideia de usar mapas mentais como ferramenta para isso. Você já ouviu falar? 

Já faz tempo que o Tony Buzan sistematizou o conceito, mas nem todo mundo aproveita os benefícios dos mapas mentais para facilitar o fluxo das ideias e driblar o bloqueio criativo

Também conhecido como “mapas da mente”, essa técnica pode ser utilizada na hora de encontrar a melhor resposta para uma situação, organizar um projeto, resumir materiais mais extensos e muito mais.  Você pode montar um mapa mais simples ou mais elaborado, usar fotos, desenhos e cores diferentes, o importante é aproveitar ao máximo o recurso para facilitar a sua compreensão e pensar de forma menos óbvia nas situações do dia a dia. 
criatividade

Esgote todas as possibilidades de um mesmo assunto.

 Não pare na primeira ideia! 

O que os mapas mentais tem a ver com a criatividade? 

Ser criativo é ter facilidade para associar ideias e olhar situações por outro ângulo. Apesar da criatividade ser uma capacidade humana, alguns processos contribuem para despertar, desenvolver e melhorar os insights. E é aí que os mapas mentais entram: eles ajudam na organização das informações com o objetivo de explorar todas os caminhos possíveis, até que eles esgotem. Quando você trabalha com as palavras fora do padrão normal de escrita, você sugere ao seu cérebro que ele pode pensar fora do padrão de sempre. 
Ter um fluxo de pensamentos mais livre e colocar em pauta todos os caminhos possíveis – sem descartar uma sugestão antes da hora – fará suas ideias fluírem, sem bloqueios e sem pré-julgamentos. Tenha em mente que a criatividade serve para explorar o desconhecido e, para isso, dar forma a ideia com um mapa da mente pode ser ótimo.

  • Como os mapas mentais podem ajudar? 

Para conseguir ter uma ideia 
Você pode ter como tema central o seu problema e a partir da palavra escolhida você começa a riscar as possíveis soluções. Para ilustrar de forma bem simples, pense que o seu termo central é “preciso de um shorts novo”. Quais são as suas opções? Uma ramificação pode ser comprar no shopping, outra opção é pegar emprestado com uma amiga e a outra pode ser customizar uma calça velha. Ao dedicar seu tempo buscando ramificações, as ideias vão surgindo até que a solução mais criativa e que atenda a sua necessidade apareça.
No desenvolvimento de uma ideia 
A partir do momento que a sua ideia é o seu tema central os mapas mentais podem te ajudar a encontrar o melhor caminho para desenvolvê-la. Voltando ao exemplo do shorts, se você decidiu que a melhor opção é customizar uma calça jeans, o centro do seu mapa central será “customizar shorts” e as ramificações serão todas as opções possíveis de como fazer isso. Você pode puxar galhos com cortes, pintura com tintas, costurar tecidos… vá fazendo isso até encontrar a opção mais acessível, se esse for o seu objetivo. 
No início de um projeto 
Os mapas mentais podem te ajudar a organizar todas as etapas necessárias para colocar em prática um projeto. Os galhos que formam o desenho podem dar um uma noção de coisas que precisam ser feitas e durante o processo de ramificação você encontrará soluções criativas que provavelmente não teria pensado anteriormente. Além disso, você pode aproveitar o modelo tradicional do mapa mental para compactar todas as informações do que deve ser feito em cada etapa e do assunto que será abordado.
Desafie-se a testar novas ferramentas a fim de melhorar a criatividade e você estará embarcando em uma aventura cheia de coisas novas! 😀 
 

2 thoughts on “Melhore sua criatividade com os mapas mentais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *